Rondonópolis nas redes sociais

notícias


16/05/2013 - 18:37 - Fonte: EMERSON DOURADO - Redação/Ascom


Foto: MATUSALEM TEIXEIRA
Profissionais do PSF foram treinados pelo dermatologista Somei Ura

HANSENÍASE

Médicos e enfermeiros dos PSFs passam por capacitação

Os profissionais do Programa da Saúde da Família participam até amanhã, de um curso de capacitação para o diagnóstico precoce da hanseníase. A intenção da Secretaria de Saúde do Município é levar o atendimento para os PSFs, onde o paciente poderá ser submetido a um teste de sensibilidade.

O ministrante do curso que acontece no Centro de saúde do Jardim Guanabara é o médico dermatologista Somei Ura, especialista no diagnóstico da hanseníase. Para ele é essencial ter mais postos de saúde com capacidade de fazer o teste.“A ideia é descentralizar o serviço.E com isso atingir o maior número de casos diagnosticado e assim ajudar na diminuição da endemia”, explicou Ura.

Para o especialista, a hanseníase é um caso de saúde pública e ações como esta da prefeitura de Rondonópolis em aumentar o conhecimento dos profissionais sobre a doença, ajudam na diminuição dos casos. “Com estas capacitações, o Ministério da Saúde quer fazer com que diminua a incidência da hanseníase no Brasil , deixe de ser um caso de saúde pública e que os números cheguem próximos a um caso por 10 mil habitantes”,  comentou dermatologista.

O principal desafio hoje para a diminuição dos números é o diagnóstico nas fases iniciais. “Com o diagnóstico em estágio avançado, o paciente já sofre de alguma incapacidade. Com o exame precoce estaríamos evitando a incapacidade e futuros focos de contagio” disse Somei Ura.

O curso com os médicos e enfermeiros vai até sexta-feira (17) no centro de saúde do Jardim Guanabara.


  Compartilhe essa notícia com as redes sociais.

ACESSO RÁPIDO

   0800 647 2244

RECEBA NOSSO INFORMATIVO

Cotações