Rondonópolis nas redes sociais

Turismo





TURISMO EM RONDONÓPOLIS

O Turismo de Rondonópolis é movimentado pelo agronegócio mas devido às belezas naturais da região, o ecoturismo já surge como atração para o setor. Outra área que começa a atrair visitantes é o Esporte devido a vários campeonatos de diversas modalidades.

A feira agropecuária Exposul (exposição agropecuária oficial da cidade), realizada pelo Sindicato Rural sempre com o apoio dos órgãos municipais e estaduais, que acontece entre os meses de Agosto ou Setembro de cada ano. A Exposul está entre as dez maiores e mais influentes feiras agropecuárias brasileiras realizadas e que atraem milhares de pessoas de todo o Brasil para o município.

Parque Ecológico João Basso (área de preservação ambiental particular) é formado por cachoeiras, grutas, inscrições rupestres e trilhas que levam à Cidade de Pedra.  Atualmente as visitações estão suspensas aguardado o projeto de plano de manejo do local.   Ha também por toda a região de Rondonópolis uma série de cachoeiras e rios propícios para os amantes da boa pescaria, para a prática de esportes radicais como o rapel ou simplesmente para contemplar a natureza exuberante do cerrado. Todos os anos acontecem vários campeonatos de skate, Moto-Cross, Fórmula Uno, Festival de Arrancadas, de Vôlei de Praia também e diversos Shows regionais e nacionais que também contribuem para o turismo local.

Para atender a demanda de turistas e visitantes a cidade de Rondonópolis dispõe de um aeroporto municipal que faz a ligação aérea com várias cidades de Matogrosso e do Brasil, através de duas Companhias Aéreas: A TRIP Linhas Aéreas e Passaredo Linhas Aéreas.

ATRATIVOS NATURAIS

Rios, ribeirões, córregos, morros, serras, formações rochosas, trilhas, cachoeiras, cascatas e áreas de preservação ambiental compõem os diversos atrativos turísticos naturais de Rondonópolis.

Em Rondonópolis fica localizada a Reserva Indígena Tadarimana que possui uma área de mais de 9 mil hectares e cerca de 200 habitantes da etnia Bororo. A reserva fica localizada à margem esquerda do Rio Vermelho.

Na cidade fica localizada a Reserva Particular do Patrimônio Natural João Basso, que compreende um complexo de vale encaixado entre chapadas formando uma paisagem cênica de rara beleza, com corredeiras, cachoeiras e afloramentos rochosos. Além disso, o parque forma um ambiente de grande riqueza arqueológica pela presença de inscrições e artes rupestres nas numerosas grutas e cavidades naturais existentes em encostas íngremes.

A Cidade de Pedra é um dos atrativos existentes no Parque Ecológico João Basso. Ela consiste num complexo rochoso com cerca de 1000 hectares e milhares de anos de processo de formação. O local, também denominado de selva de pedra, tem a formação mais peculiar e conhecida do município, com formações de cerca de 100 metros de altura. Recentemente o local foi eleito como uma das sete maravilhas do município.

No Bosque Municipal Isabel Dias Goulart e no Horto Florestal, os moradores da cidade e turistas encontram um local amplo, bonito e bem estruturado, composto de pista de cooper e caminhada, aparelhos de ginástica, banheiros, parque para as crianças e quiosque com venda de água, água de coco, lanches naturais e sucos.

A cidade possui outros atrativos naturais tais como o Parque Municipal do Escondidinho, o Morro do Assentamento Água da Serra, a Serra da Onça, o Morro do Naboreiro, além de 27 quedas d'água que enriquecem as belezas naturais de Rondonópolis.

ATRATIVOS CULTURAIS

Rondonópolis também possui atrativos culturais como os Sítios e Edificações Históricas que contam um pouco da construção da história do município.

O município de Rondonópolis possui um grande potencial para o desenvolvimento do turismo arqueológico. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artistico Nacional - IPHAN, tem em sua catalogação mais de 90 registros de sítios arqueológicos para o município, estando eles localizados em grande parte em aéreas privadas. Dos 92 sítios arqueológicos catalogados foram inventariados 27 sítios, sendo que 26 deles estão localizados em área de proteção, a RPPN João Basso e 01 em propriedade privada sendo ele um assentamento rural.

As pesquisas realizadas nos sítios arqueológicos da RPPN João Basso mostram que a região é habitada há mais de 7 mil anos. As prospecções dentro do parque iniciaram no início da década de 1980 e uma das principais atrações do parque é justamente a visitação aos sítios arqueológicos existentes. São dezenas de sítios arqueológicos existentes na área do parque e a maior parte deles já possuem escavações científicas feitas por missões franco-brasileiras, como o Ferraz Egreja, a Caverna do Cipó, Antiqueira e Arqueiros.

Somente no sítio arqueológico Ferraz Egreja foram coletadas e numeradas mais de 13 mil peças. Nos sítios existem estruturas arqueológicos de diversos tipos, como concentrações de cerâmicas, urnas funerárias feitas com argila, utensílios lascados e polidos, restos de fogueiras, entre outros.

O Casario é um complexo arquitetônico e sócio-cultural que dispõe de um conjunto histórico e cultural carregado de significados. Ele se constitui em um conjunto de 24 casas feitas de adobe e de alvenaria, estilo anos 40, do século XX e dividido em dois blocos em forma de “L”. A primeira casa construída no casario data de 1930, e novas construções foram feitas nas décadas de 50 e 60. Os blocos, cada um com doze casas, localizam-se nas primeiras vias públicas de Rondonópolis, a Rua XV de Novembro e a Avenida Marechal Rondon. O antigo quintal da casa (parte dos fundos do Casario) foi transformado em uma área de circulação ampla, aberta, totalmente calçada com pedras de paralelepípedos, ajardinada, com banheiros públicos, palco e espaço para os comerciantes servirem os visitantes. 

O Palácio da Cidadania “Cândido Borges Leal Jr.” consiste no prédio atual da sede do poder executivo municipal. Ele chama atenção no meio urbano de Rondonópolis por ter uma arquitetura pós-moderna, com formas arredondadas e futuristas. As vidraças espelhadas, em tom azul, incrementam o visual. O paço municipal, dividido em dois pisos, impressiona pelo seu tamanho, são aproximadamente 1.500 m² de área construída, adaptada para portadores de necessidades especiais.

O Cais consiste em um atracadouro de concreto estendendo a partir dele uma calçada para passeio público. Foi construído onde, nas décadas de 1930 e 1940, funcionou o primeiro porto de Rondonópolis e marca o local por onde chegaram os pioneiros da cidade. O espaço ganhou uma cruz estilizada, que simboliza a religiosidade cristã da população.

 O Parque de Exposições é o maior espaço para eventos, sendo também um dos maiores parques agropecuários do país. A grandiosidade e a estrutura do parque impressionam a todos que o visitam. O parque tem mais de 500 mil m² de espaço, com 18.500 m² de área coberta. No local existem estruturas para restaurantes, bares, lanchonetes, instalações sanitárias, estacionamento para 4.500 carros, 5,5 m² de curralama, pavilhões de baias para eqüinos e bovinos, Thattersal, pavilhões de leilões, palco central coberto com 300 m², pista de provas hípicas, pista de pouso e uma moderna arena de rodeios e shows para 20 mil expectadores.

O Centro de Eventos Rio Vermelho foi construído com o intuito de realizar eventos diversos para a comunidade. O espaço tem arquitetura moderna e linda vista para o rio Vermelho. O projeto do local foi arquitetado por Nunes da Mata, um dos únicos arquitetos de eventos do país e que é responsável por projetos de diversas estruturas para eventos e também do design de trios elétricos de celebridades do carnaval soteropolitano.

São diversas as feiras livres que acontecem pela cidade, porém são duas que possuem estrutura física construída exclusivamente para atender às necessidades dos moradores e comerciantes. As feiras da Vila Aurora e da Vila Operária são construções em alvenaria que atendem às comunidades de diversos bairros. Ambas as feiras possuem características similares quando a operacionalização, pois têm entrada franca e no local são comercializados produtos diversos, produzidos em Rondonópolis. Há uma gama de variedade gastronômica, porém o carro chefe das duas feiras é o pastel. As duas feiras comercializam produtos advindos de pequenas propriedades e assentamentos rurais. Dentre os produtos comercializados estão: carnes, embutidos, derivados do leite, frutos, vegetais, verduras e produtos artesanais.

O Centro Cultural José Sobrinho possui diversos eventos agendados durante o ano. São inúmeras as manifestações artístico-culturais que possuem espaço dentro dessa instituição cultural. Os artistas locais procuram o centro para demonstrarem seus trabalhos, realizando oficinas, exposições de artes, cursos, amostras e inúmeras atividades.

O espaço onde funciona hoje o museu Rosa Bororo é uma das edificações mais antigas do município e já foi sede da Câmara Municipal de Vereadores. O museu possui inúmeros acervos relacionados à história de Rondonópolis e também ao patrono da cidade, Marechal Rondon.

 Existem no município de Rondonópolis duas bibliotecas municipais que atendem estudantes e interessados por leitura e pesquisa. A Biblioteca Municipal Manoel Severino da Silva está localizada na Vila Operária e a Biblioteca Municipal Rachid J. Mamed, no centro. As bibliotecas da cidade dispõem de aproximadamente 20 mil títulos de diversas obras didáticas e para didáticas. A infra-estrutura dessas instituições culturais dispõe de salas amplas e instalações sanitárias. As bibliotecas permanecem abertas de segunda à sexta das 07 às 18 horas e a entrada é franca.

TURISMO DE EVENTOS

A cidade é palco, anualmente, de eventos de vários segmentos, são feiras, exposições, festas culturais, tecnológicas e sociais que atinge diversos segmentos, além de eventos religiosos e sociais com cunho filantrópico.

CALENDÁRIO DE EVENTOS

MÊS

EVENTO

LOCAL

Fevereiro

Rondonfolia

Antigo Aeroporto

Março

Tecno Campo

Fazenda Experimental

Abril

Procissão dos Mártires

Praça da Saudade até a Praça Bom jesus

Maio

Anuncia-Me

Salão da Paróquia Santa Terezinha

Maio

Caminha da Natureza

Assentamento Carimã

Maio

Campeonato Estadual de Pesca

Parque das Águas

Junho

Marcha para Jesus

Praça Brasil e Praça até o Casário

Junho

Arraia Rondon

Feira Central

Julho

Dia do Comerciante

Caiçara Tênis Clube

Julho

Exposição de Orquídeas

Igreja Santa Cruz

Agosto

Cavalgada

Principais ruas da Cidade

Agosto

Exposul

Parque de Exposições Wilmar Peres de Farias

Setembro

Desfile de Sete de Setembro

Rua Rosa Bororo e Av. Marechal Rondon

Setembro

Festival de Primavera

Feira Central

Setembro

Liquida Aqui

Área Central

Setembro

Encontro da Dança

Ginásio de Esportes Marechal

Outubro

Baile do Havaí

Caiçara Tênis Clube

Outubro

 Fest Pride - Parada do Orgulho Gay

Centro Cultural Casario

Outubro

Rondonópolis Está na Moda

Caiçara Tênis Clube

Novembro

Destaque Empresarial

Caiçara Tênis Clube

Dezembro

Aniversário da Cidade

Centro Cultural Casario

Dezembro

Natal na Praça

Praça Brasil

Dezembro

Reveillon

Antigo Aeroporto

Fonte: Dossiê Rondonópolis 2010

 

  Compartilhe nas redes sociais.





ACESSO RÁPIDO

   0800 647 2244

RECEBA NOSSO INFORMATIVO

Cotações

Prefeitura de Rondonópolis - 2017 Todos Direitos Reservados