30 de Novembro de 2021

Início do conteúdo
ARTES VISUAIS

Secult entrega materiais para artistas plásticos selecionados pelo Edital da Lei Aldir Blanc

Fonte: Valdeque Matos | Publicado em 15/09/21 às 17:05
None
Wheverton Barros

Um dos setores mais afetados durante a pandemia do coronavírus foi o da cultura. Com intuito de minimizar esses reflexos e fomentar a economia do setor cultural de Rondonópolis, a Secretaria  Municipal de Cultura (Secult) entregou os kits de material consumo para os 25 artistas plásticos do município que foram selecionados pelo Edital Emergencial 009/2021, vinculado à Lei 14.017/2020, conhecida como Lei Aldir Blanc.

Realizada na noite de terça-feira (14), no Centro Cultural Casario, a entrega dos Kits, que tiveram um investimento de quase R$ 23 mil, foi feita pelo secretário municipal Pedro Augusto Araújo. Os kits entregues, gratuitamente, aos artistas selecionados contém tintas, telas e pincéis.“A Prefeitura,  por meio da Secult com a Lei Aldir Blanc, já contemplou com editais de fomento vários segmentos culturais, que foram bastante afetados pela pandemia. Hoje, com muita alegria, estamos  fazendo mais uma ação importante de apoio para o setor de artes visuais da nossa cidade, com a entrega desses kits para os 25 artistas plásticos  que tiveram suas propostas apresentadas neste Edital Emergencial 009/2021 e foram selecionados pela comissão", disse Pedro Augusto. 

Como contrapartida,  os artistas plásticos deverão expor suas obras, que terão como temática o processo histórico de  Rondonópolis, para visitação do público. "A exposição deve ser realizada em dezembro, durante as comemorações dos 68 anos de emancipação do município", informou o gerente da Divisão de Eventos Culturais da Secult, Marcelo Valença.

Em sua fala, durante o ato de entrega dos kits, o secretário Pedro Augusto ressaltou que tem como meta levar as ações e projetos da Secretaria para toda a população, com o intuito de fortalecer o setor cultural, seja nas artes plásticas, artes cênicas, música, dança, artesanato.

 "Vamos estimular os diversos segmentos da cultura local a realizarem mais atividades e levarmos à toda sociedade. Para o setor de artes plásticas especificamente, queremos fazer um calendário de exposições permanentes, envolvendo parcerias com empresas da nossa cidade, para que possam estar expondo os trabalhos dos nosso artistas", revelou o secretário, acrescentando que este trabalho deverá ser feito com a participação do Conselho Municipal de Cultura, que deverá ser fortalecido pela pasta.