Rondonópolis nas redes sociais

notícias


16/10/2017 - 15:34 - Fonte: Assessoria


Foto: Assessoria

PLANO DE REESTRUTURAÇÃO

Coder efetua o pagamento do FGTS e obtém Certidão Negativa de Débitos

A Coder informa que está desenvolvendo um projeto de reestruturação empresarial que consiste na adoção de medidas cujo objetivo é o de retirar a empresa do vermelho, torná-la competitiva e buscar o equilíbrio financeiro entre receita e despesa. Dentre essas medidas está o de valorização e amparo aos trabalhadores que compõem o seu quadro funcional.  Inclusive, a Coder já conseguiu o pagamento dos atrasados do FGTS de seus trabalhadores, que desde as gestões anteriores eram recolhidos, porém não pagos. A Empresa vem pagando as dívidas herdadas e conseguiu, neste mês, a obtenção da Certidão Negativa de Débito - documento necessário para contratar com serviço público - coisa que anteriormente já não era mais possível. 

Ainda fazendo parte da reestruturação da Empresa está a adoção de medidas de contenção de gastos que vão desde a economia interna, evitar desperdícios, dedicação total na prestação de serviços. A Coder está desenvolvendo e aplicando essas medidas com o pleno conhecimento e acompanhamento do Sindicato da categoria. De acordo com o Presidente, José Severino da Silva Neto, o Nino, nenhuma medida será adotada sem o prévio conhecimento do Sindicato e sem que seja amplamente discutida com a categoria.  Dentre as medidas, consta a possibilidade da adoção de demissão voluntária. Mas a adoção dessa medida somente será adotada depois de debatida com a categoria e  implantada apenas aos funcionários que se predispuserem ao programa. "O Programa de demissão voluntária é uma das medidas que temos, mas isso não significa que já será adotado. E quando for, se preciso for, será antes, discutido com todos os nossos funcionários e dele participará apenas aquele funcionários que assim o quiser. Ninguém será obrigado. Ninguém será pego de surpresa. Mesmo porque a principal preocupação da Coder é com a questão social e empregatícia. Nossos trabalhadores são a alma da nossa empresa", finalizou o  Nino.

Quanto aos terceirizados, a Coder reconhece a dívida, mas informa que vem se esforçando para, também, colocar o pagamento em dia. Informa ainda que, apesar desse atraso no pagamento dos terceirizados, a prestação de serviços públicos continua normalmente. Os serviços de limpeza, varreção de ruas, recolhimento de lixo e outros estão sendo feitos pelos funcionários da Coder, com a frota própria da Empresa.


  Compartilhe essa notícia com as redes sociais.

Galeria de Fotos

 
       
       
         

 

ACESSO RÁPIDO

   0800 647 2244

RECEBA NOSSO INFORMATIVO

Cotações

Prefeitura de Rondonópolis - 2017 Todos Direitos Reservados