Rondonópolis nas redes sociais

notícias


16/10/2017 - 15:19 - Fonte: Assessoria


Foto: Assessoria

DIALOGO

Coder mantém diálogo com sindicato trabalhista e anuncia cortes de gastos

Foi em dois turnos - desta segunda-feira - que a diretoria da Coder, Companhia de Desenvolvimento de Rodonópolis, esteve reunida com os funcionários da Empresa de Economia Mista para falar sobre a reestruturação financeira e o PDV - Plano de Demissão Voluntária - contidos no Planejamento Estratégico da Coder cujo objetivo é o de torná-la competitiva por meio do equilíbrio entre receita e despesa. 


A rodada de diálogo entre a diretoria da Coder e o Sindicato dos Servidores Públicos do Município - o SISPMUR - contou com a presença dos funcionários da Empresa numa clara demonstração de democracia, liberdade e transparência. 

 

O Diretor Presidente, José Severino da Silva Neto, o Nino, explicou aos presentes que o PDV é uma das alternativas existentes e viáveis para se retirar a empresa do vermelho e consiste na liberdade que o funcionário dispõe para optar ou não por se desligar da empresa. Porém,  deixou claro que não se trata de uma imposição e que no momento esse plano ainda não foi adotado pela Coder. Além dele, a Diretoria já criou e implantou outros cortes de gastos que consistem na economia de material de expediente, copos descartáveis, usos de várias impressoras, diminuição do gasto com energia elétrica, diminuição da conta de telefone e internet, além da diminuição do gasto com combustível e assim sucessivamente. 

 

Além do corte de gastos, a Empresa já conseguiu avanços significativos como a CND - Certidão Negativa de Débitos ( documento necessário para contratar serviços com o poder público); o pagamento do FGTS dos funcionários que em administrações anteriores era recolhido, porém não pago.

 

E, está em estudo jurídico, a possibilidade de se conseguir a imunidade tributária - com ela a Coder poderá ter um grande "fôlego" nesse momento de crise financeira que se formou em administrações anteriores e se agiganta com o passar do tempo. 

 

Durante um ato público convocado pelo SISPMUR - prerrogativa trabalhista - cuja permissão para se realizar nas dependências da própria Coder, fora dada pelo Nino, foi discutido também a possibilidade de se efetuar o pagamentos dos terceirizados( empresas que prestam serviços para a Companhia) ainda neste mês. 

 

O Diretor Presidente, José Severino da Silva Neto declarou que a maior preocupação da Coder atualmente é a de se tornar um Empresa competitiva, ,lucrativa,  obter o resgate de credibilidade no mercado, e sobre tudo, com a questão social que envolve seu quadro funcional.

 

A Coder tem atualmente mais de 400 funcionários e uma dívida em torno de 60 milhões de reais. "E todas as medidas que estamos adotando visam garantir a continuidade da empresa em pleno funcionamento, o seu fortalecimento e estamos priorizando as questões que envolvem nossos funcionários", finalizou o Nino.

 

No momento a Coder está com o pagamento de seus funcionários, em dia. Em dia também está uma bonificação que a empresa oferece aos seus trabalhadores - o chamado vale mensal. 


  Compartilhe essa notícia com as redes sociais.

ACESSO RÁPIDO

   0800 647 2244

RECEBA NOSSO INFORMATIVO

Cotações

Prefeitura de Rondonópolis - 2017 Todos Direitos Reservados